tradutor


quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Feliz Ano Novo

O Ano já se foi e com ele tudo o que conseguimos realizar e o que ficou inacabado. Todo final de ano a gente tem uma sensação de que ficou faltando coisas pra fazer ou resolver. Mas o novo ano vai começar e podemos renovar nossos sonhos e esperanças. Deixar pra trás o que não foi bom. Esquecer, deletar. Ainda bem que temos esse dom do esquecimento. Mas não podemos esquecer tudo não. Não podemos esquecer esse problema que atinge nosso planeta, nossa vida e dos nossos filhos. Estamos nas mãos da revolta da natureza. Depois de tudo que fizemos a natureza chora e pede socorro. E nós fingimos que não estamos vendo. Desligamos a televisão pra não ver as enchentes, os furacões, as secas, as forças que vêm do alto. Fim do mundo? Fim dos tempos? Talvez. Estamos pouco preocupados com tudo isso enquanto não nos atinge diretamente. O homem levou séculos pra conseguir o progresso: asfaltar as ruas, usar máquinas e mais máquinas pra tudo, ter cada dia mais, pouco se incomodando com os rios, os mares, a poluição... e ainda hoje se recusa a olhar ao seu redor e ver que estamos afundando no próprio buraco que cavamos. Não podemos mais fechar os olhos para tudo isso. Temos que cuidar da  nossa mãe terra, antes que seja tarde demais
Que em 2010 as notícias sejam mais animadoras. Estou com a televisão ligada mostrando a retrospectiva de 2009. Só destruição, desgraças, violência, medo, epidemias. Que possamos lembrar de 2010 com saudades e não com tristeza como foi 2009. Que o BEM  possa vencer o mal que atinge o nosso século.
Feliz ano novo para todos

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

TRANSPORTADORES DE SONHOS

Somos todos transportadores de sonhos. Colocamos nossa bagagem nos ombros e levamos pra todo lado pedacinhos da nossa vida, da nossa história.
Se você prestar atenção nas nossas artes têm um poucode tudo: dos caminhos que passamos, das histórias que ouvimos e contamos, dos nossos encontros e desencontros, das nossas alegrias e tristezas.
Parte de nossas vidas estão bordadas ponto a ponto na arte de trançar os fios; arte de misturar as cores; arte de dar vida às pedras e cabaças; arte de juntar as contas.
Quando passar por nosso trabalho, por mais simples que seja, lembre-se de que com nossas mãos colorimos a vida e estamos expostos com a nossa arte de pintar, bordar, colorir na tentativa de transformar, renascer, criar um mundo mais belo.
Marly

( Feira de Natal de Poços de Caldas)

domingo, 29 de novembro de 2009

Mais Feira De Natal Poços de Caldas 2009





Foi umaaaa looooooucura. Fiquei muito cansada, mas valeu a pena. Conheci muita gente legal, revi meus amigos, ex-alunos e meus colegas queridos das escolas que trabalhei. Acabei contando história pras crianças que foram visitar a feira. Foi muito bom. Minhas pedras foram um sucesso. É muito bom a gente poder expor o nosso trabalho e ver o resultado do nosso esforço. Tinha muita coisa linda nessa feira. Tem gente fazendo maravilhas por aí. Meus netinhos fizeram pose para a foto no estande. Papai Noel  também estava por lá. Com certeza foi escolher os presentes para a criançada.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Feira De Natal Poços de Caldas 2009



Alguns dos meus trabalhos que vou colocar na feira de Natal. Quem tiver oportunidade de visitar a feira garanto que vai amar.
Minha arte na pedra




Arte na cabaça



domingo, 8 de novembro de 2009

Feira de Natal

Estou muito apertada com a preparação de material pra Feira de Natal em Poços de Caldas. A feira vai do dia 14 a 22 de novembro no Complexo Cultural da Urca e a expectativa é grande. Tenho minhas artes que faço sozinha e as que faço com as amigas do Arte na garagem.Minhas pedras sem dúvida vão pra lá.Estou adorando também fazer arte em feltro e na cabaça. Quem for a Poços de Caldas aproveita pra fazer uma visitinha na feira.Tenho certeza que vão adorar.
http://www.feiradenatalpocosdecaldas.com.br/.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Bienal do Livro

Do dia 10 a 20 de setembro no Riocentro começa a Bienal do Livro. Quisera poder estar lá, mas como não tem jeito, fico de longe sonhando com esse evento que deve ser maravilhoso.Meu poema vai estar lá na Editora Litteris no livro "Uma Viagem pra Pasárgada". Muito sucesso para todos.Façam uma visita no site da bienal: http://www.bienaldolivro.com.br
E também na Litteris, vale a pena:http://www.litteris.com.br

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

FOTOMANIA

maritaca no pé de açaí


Igreja de Campestre


Flor no jardim da minha mãe



Coruja tomando a fresca



Maritaca no pé de açai do meu quintal



Como tem dia pra comemorar tudo, hoje, dia 19 de agosto, é o dia da fotografia. E como ficou fácil fotografar com as digitais. Aposentei minha olympus antiga, que por sinal é excelente, pra entrar na onda de máquina digital. Como eu sempre amei fotografar, mas não sou fotógrafa, a digital veio facilitar a minha vida. A outra, até eu preparar tudo que precisava pra tirar a foto, o momento já era. E era um Deus nos acuda. Olha número daqui, olha direção do sol, mede distância, prepara flash, etc, etc. Essa agora só tem umas coisinhas pra prestar atenção e clic. Claro que digo isso pra amador, porque uma foto de arte é outra coisa. Sempre vai depender de mais conhecimento, técnica e o olhar do artista. A fotografia é uma maravilha. Como diria Henri Cartier-Bresson, um dos maiores fotógrafos de todos os tempos :"fotografar é captar o momento decisivo". E esse momento vai deixar de ser apagado pela sua memória através da foto.





Essas fotos são alguns desses momentos que não quero que se apaguem da minha memória.



OS GRANDES FOTÓGRAFOS
ÍNDICE

Os Pioneiros

Alphonse Mucha
Eadweard Muybridge
Eugene Atget
Fox-Talbot
H. P. Robinson
Jacques Henri Lartigue
Julia Margaret Cameron
Lewis Carroll
Lewis Hine
Mathew Brady
Nadar
O. G. Rejlander
Roger Fenton
Southworth & Hawes
Timothy H. O'Sullivan


Os Modernos

Ansel Adams
Brett Weston
Cartier Breson
Edward Weston
Grupo f/64
Imogen Cunningham
Man Ray
Minor White
Paul Strand
Photo Secession
Richard Avedon
Robert Frank
Steichen
Stieglitz


Os Contemporâneos

Art Kane
Diana Arbus
Duane Michaels
Les Krims


BIBLIOGRAFIA

Livros
LINKS

Sites

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Arte na Cozinha






Também gosto de fazer arte na cozinha. Como sou de descendência libanesa( neta) sempre gostei de temperos exóticos. E quando faz a mistura de minerês com libanês sai cada coisa...
Aprendi faz pouco tempo com minha mãe essa receita meio árabe e meio abrasileirada. Vamos lá:


TORTA DE ALETRIA:

INGREDIENTES:
um pacote de 500grs de macarrão aletria,
250grs de manteiga,
1 lata de leite condensado,
1 lata de creme de leite,
250 grs de ricota fresca
Modo de fazer:

1ª ETAPA: frite a aletria na manteiga, sempre mexendo para não deixar endurecer. Assim que dourar, retire do fogo e reserve a manteiga.
2ª ETAPA: RECHEIO: Misture na panela o leite condensado, o creme de leite e a ricota amassada com o garfo.Leve ao fogo brando e mexa sempre até engrossar. Retire antes de endurecer.
3ª ETAPA: Forre uma pirex grande com a metade da aletria. Espalhe por cima o recheio e cubra com o restante da aletria. Por cima de tudo espalhe a manteiga reservada( da fritura ).
Leve ao forno por aproximadamente dez minutos.
Retire e cubra com uma calda rala feita com um copo grande de açúcar e meio copo de água.
Torne a levar ao forno por mais cinco minutos.
Tem muitas calorias mas é uma delícia. E cá entre nós regime também tem que ter folga não é. Ninguém é de ferro.




quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Música

Eu comecei a fazer música de repente. Ou melhor, eu já fazia mas deixava pra lá. Achava que era alguma música conhecida e não minha. Só depois de muito tempo fui descobrir que eu estava compondo. A partir daí não parei mais. Fiquei numa felicidade que não tem tamanho. O ato de criar é uma força divina que brota não sei de onde. É como se alguém soprasse no nosso ouvido. Se houver silêncio no coração a gente escuta o sopro de Deus e aí de dentro da gente nasce uma música, um poema, uma pintura... É um momento mágico que nos aproxima do TODO.
Gosto de fazer música regional e já fiz alguns sambas também. Fiz um clipe com a minha música Oração à Terra, com a interpretação de João Carlos e Maurício. Essa música é um pedido de perdão à terra por todo o mal que lhe causamos. Está gravada no último cd. da dupla que se chama "Cordas de Aço"
Se quiserem conhecer essa dupla excelente, verdadeira música raiz e regional, visitem:
www.joaocarlosemauricio.com

http://joao-carlos-e-mauricio.conexaovivo.com.br/

video

A letra de Oração à Terra:

Ó Terra sagrada mãe! Rogai por nós os pecadores

Perdoa, ó mãe! Pelo descaso

Pela ferida aberta que causamos

Ó Terra, bendita seja! Berço desse chão e cordilheiras

Graças, ó mãe! Tanta beleza

Graças pela chuva sem fronteiras.

Ó mãe de todos nós! Perdoa o fogo que queima,

Perdoa a seca que fere,

Perdoa, ó mãe, a vida que morre

Ó terra, sagrada mãe! Irmã do sol e das estrelas

Derrama , ó mãe as suas bênçãos

Perdoa todo mal que lhe causamos

Ó terra bendita seja! Onde nasce a flor e os corações,

Graças, ó mãe! Toda riqueza,

Graças pelos mares e sertões.

Ó mãe de todos nós! Perdoa a planta que morre

Perdoa a água que seca,

Perdoa, ó mãe a vida que chora.

Ó terra, bendita seja!Ventre dessas águas cristalinas,

Graças, ó mãe! Tanta bondade,

Graças pela força tão divina

Ó mãe de todos nós!

Perdoa a seiva que escorre, Perdoa o chão que se racha,

Perdoa, ó mãe, a vida que morre.

sábado, 8 de agosto de 2009

HOMENAGEM AOS PAIS

Olha meu pai aí com sua nova medalha
3 heróis brasileiros!
Meu pai: Alibert Adib





Amanhã é dia dos pais. A minha homenagem vai para todos os pais, principalmente para os pais ex-combatentes da segunda guerra. São eles os heróis anônimos que deixaram suas familias e muitos deixaram também os filhos. Alguns voltaram, como o meu, que graças a Deus continua firme e esse ano faz 90 anos. Outros não puderam ver seus filhos crescerem. Para todos esses heróis, tão pouco reconhecidos na nossa sociedade e história, a minha admiração e carinho.


Esse mês meu pai recebeu mais uma medalha que foi uma grande honra para todos nós.



PARABÉNS PAI!

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Cores de Minas


Pracinha em Guarará MG.

Cafezal



Montanhas de Minas




Paineira em flor



Serra do Selado ( estrada Poços/Campestre)




CORES DE MINAS
Marly Renault



"Ê Minas Gerais quem te conhece não esquece jamais".


Não esquece de sua gente, seu clima, seu tempero.


Suas montanhas com tantas cores que a vista onde avista


Chega a doer de emoção.



Ê povo mineiro


Brejeito, sem jeito,matreiro


Caipira sábio dos sertões de Guimarães


Calado, cercado de tantas montanhas


Vai seguindo... vai você na frente


Ele vai depois.



Ê Minhas Gerais


Das broas, dos quindins, das sinhás


Das serestas,dos coretos,


Das modinhas, dos quintais


Dos docinhos das dindinhas


Das pracinhas, cafezais.


Marly

Minha arte em tela


Praça em Poços de Caldas








Lavagem da Igreja do Senhor do Bonfim






Capoeira








Moça na Janela



Adoro pintar.Comecei pequena com lápis de cor. Uso técnica mista e gosto de criar coisas novas, misturando elementos, usando colagens e tinta natural.Sou autodidata. Vou aprendendo com o que leio, vejo e experimento. Espero que gostem.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Casas e Capelinhas

Capela de Saõ Manoel em Bicas MG.

Casa antiga em Guarará MG.

Meu trabalho : Pedra Viva


Meu trabalho: Pedra Viva




Capela na estrada rural em Campestre M.G.









Em Minas Gerais o povo é hospitaleiro e muito religioso. Nas cidadezinhas pequenas e na zona rural ainda podemos ver algumas daquelas casinhas antigas com muitas janelas. As portas geralmente são grandes e as janelas também. As capelinhas da roça são o que há! Elas são pequeninas e ficam muitas vezes no alto de uma colina de onde se avista a fazenda e tudo em volta. Muitas vezes a estradinha que vai até lá é cercada de coqueiros. Quem ainda não viu uma capelinha assim?Ainda hoje encontramos essas preciosidades de um tempo que tudo era muito mais difícil e os fazendeiros construiam suas capelas para evitar de se locomoverem até uma igreja que ficava na cidade. Eu pesquisei na região essas ermidas pra realizar meu trabalho com as pedras. Olhem só!

PEDRA VIVA - minha arte na pedra



















No caminho de todo mundo tem pedras. Pedras grandes, pedras pequenas. Tropeçando nelas vi que são vivas. Tem pedra que é bicho, tem pedra que é santo, santa, Virgem Maria.





Minha arte que tenho mais xodó são as pedras que comecei a pintar e não parei mais. Como sempre vi caras, bichos e coisas nas árvores, nuvens, objetos, montanhas, pedras... a idéia surgiu : de pintar nas pedras o que eu vejo. E desse modo eu faço o que a pedra me mostra. Fui aperfeiçoando e hoje meu trabalho é muito procurado principalmente os santos, casinhas de minas e capelinhas. Nada é por acaso,por isso acredito num misticismo em relação a escolha da pedra. Quando faço meu trabalho não sei quem vai ficar com ele. Quem leva uma arte de alguém sempre leva algo do artista junto. Então faço meu trabalho com amor para que eu possa transmitir algo de especial para aquela pessoa. E com isso tenho tido muitas histórias bonitas relacionadas às minhas pedras. Só isso já vale a pena.




Para entrar em contato: marly.renault@hotmail.com

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Artes e mais artes

Eu me entusiasmei em fazer esse blog pra colocar meus trabalhos de arte e poder trocar idéias com vocês. Pretendo colocar de tudo que diz respeito aos vários encontros que tenho tido com a arte na minha vida. Esses encontros são momentos mágicos que têm me alimentado de cores, formas, sons, poesia para que eu possa seguir em frente. São nesses momentos que me encontro com Deus e comigo mesma. Quero poder mostrar a importância da arte pra quem me visitar e, quem sabe, através da minha experiência alguém se entusiasmar e, de repente, começar a pintar, bordar, cantar, desenhar,dançar esculpir, etc,etc. Garanto que quem tiver uma experiência com a arte não vai se arrepender, porque ela tem o poder de deixar sua alma leve.